COMO POSSO APRENDER A CONTROLAR MINHA EMOÇÕES ?

Acima de tudo, meu filho, tome muito cuidado com suas emoções, porque elas afetam toda a sua vida”. Pv 4.23.

 

 Algumas vezes chegam pessoas TÃO sobre-carregadas. Suas vidas estão tão enroladas que não conseguimos 

 ENTENDER , OU NÃO ACHAMOS UMA MANEIRA DE ENTENDER, COMO PODEMOS CONTROLAR NOSSAS IDEIAS…Então me lembro do conselho das Sagradas Escrituras de que devemos tomar cuidado com as nossas emoções porque elas afetam toda a nossa vida. É minster ouvir cuidadosamente a linguagem usada para descobrir quão prevalente é o tema das emoções.

 Juntamos as contrações de dores, com o estado espiritual de nossas almas e as Reações viscerais, musculares ou outras reações emocionais do corpo são reações aos juízos feitos a respeito do próximo e do próprio indivíduo. Esses equilatamentos são o gatilho da química do corpo, a fim de que o corpo seja orientado em uma direção particular, para enfrentar alguma situação específica. Essa orientação do corpo é que explica as emoções.

Quantas vezes ouvimos alguém dizer que está sentindo que deveria fazer isto ou aquilo; ou então que está sentindo que isso ou aquilo é verdade. Enquanto que deixo de lado os sentimentos dos outros e jevamos os meus.

Está confundindo gravemente as palavras e os significados, turbilhando e sujando as águas. Essa poluição da linguagem deve ser combatida por nós mesmos. Somos responsáveis por nossas emoções. Por isso procuro deixar bem claro que eu, de mim mesma nada tenho de bom… mais que recebo ajuda diretamente do espirito de Deus… tenho um medo de errar que não sei explicar. Quando alguem me pergunta algo…. Eu falo da Biblia e busco na Biblia, o que posso dar pra alguem…. porque só Deus, sabe o que ele quer dar a seu povo. Por causa de sua fundamental orientação na direção do Espirito Sando de Deus, é que sentimentos, que  reduzem-se pensamentos, opiniões, crenças, convicções e atitudes a meros sentimentos. Não podemos cometer erro tão sério.

Talvez você já tenha ficado irado (a) com alguém apenas por ter ouvido o trecho de uma conversa, por alguma informação que alguém trouxe a respeito de outra pessoa e tirou suas próprias conclusões a respeito do que ouviu, viu ou leu. O que você exprimiu não é algum sentimento, e, sim um juízo, atitude, convicção ou crença a cerca de si mesmo e do outro e com base nesse juízo sentiu-se irado (a), triste, deprimido (a) ou culpado (a) em face da conclusão a que chegou. E que chorar é o que você pode fazer. Ferida e dolorida… Bem eu não conto as vezes que se passou comigo.. afinal de contas sou humana não é ?

Ora, tudo isso envolve amplas implicações. Os seres humanos acabam fazendo uma “grande bagunça”. As falas são carregadas de ira, de ressentimento. Todos tem o prazer de jogar em teu rosto o que pensan e o que mais é que não saber te ver, como um ser humano igual a eles, com falhas e erros, o que pensam é que só porque você é cristão, ja esta Santa com tripas e pele. É interessante observar neste momento como muitas vezes as palavras não se harmonizam com a linguagem corporal e o tom de voz. O que importa é o que está por trás do discurso.  Especialemente o que não foi esfregado em meu rosto é o que mais me fere “O não foi dito.”

Algumas vezes é preciso gastar tempo com o discurso e explorar as razões daqueles (as) que falam.  Quais as razões que alguém tem para concluir que as coisas são exatamente como ela “sentem” ou pensa que é?  Porque que eu não tenho o direito de tambem ser um ser humano…?Será que a pessoa tem bons motivos para ter chegado à conclusão que chegou?

Na maioria das vezes os sentimentos não estão tão diretamente vinculados às razões com o juízo. Com frequência o problema emerge ao nível da “certeza” que a pessoa tem sobre algo.  Outras são pautadas sobre a opinião de terceiros.

Certa vez uma jovem dizia que durante muitos anos sentiu raiva de  de mim só porque a moça do coral era alguém que não “ IA “com  a minha cara,,,que ela jamais chegou a  nem mesmo trocar umas duas palavras comigo. E como era possível tal emoção? Isso me deixou arripiada por semanas cada vez que me recordava , eu clamava Deus meu me perdoa..! Como Era possível porque outra pessoa havia emitido julgamento e pautada na opinião de terceiros ela fez seu juízo a respeito de alguém. Que nem mesmo conhecia  Até que um dia, num desses encontros que a vida promove nós duas  nos encontramos como pessoas estivemos juntas conversando por muito tempo e a jovem pode compreender que havia se precipitado. Hoje somos grandes amigas.

Frequentemente  eu ligo pra ela, e ela vem a minha casa quando quer..é fundamental que se distingua entre a emoção e a convicção ou juízo que serve de gatilho para que se chegue à solução de algum problema.

Alguns anos atrás um líder espiritual me aconselhando disse: “Todas as vezes que surgir alguma situação que gere dúvida em teu coração, entre em teu quarto apresente esta situação diante de Deus e peça a Ele que revele os fatos exatamente como o são, pois as pessoas poderão emitir opiniões pautadas naquilo que elas são,  em suas histórias de vida, com sua visão de mundo e não na verdade e você ficará contaminada”.

Administre suas emoções da maneira certa, na maneira de Deus. Quantos problemas poderiam ser evitados se soubéssemos administrar nossas emoções. Quanta energia gasta desnecessariamente por não saber administrar as próprias emoções. Quantos aborrecimentos, inimizades, contendas, intrigas, por má administração, Poderiamos hevitar

Costumo aconselhar meus filhos dizendo que não vivo iludida no mundo. Não me deixo levar pelos elogios e nem pelas criticas. Um dia as pessoas dizem “vinde bendita de meu pai” e no dia seguinte “crucifica”. Com Cristo como seu eu tivese este tão grande privilégio de ser comparada com o nosso Salvador. Um dia te amam no dia seguinte te odeiam. Um dia te elogiam no dia seguinte falam mal de você.  E é necessário saber administrar as emoções para não se tornar refém delas. Precisamos tomar muito cuidado com nossas emoções, pois elas afetam a nossa vida.

A certeza sobre algo ou sobre alguém depende, antes de qualquer coisa de Deus, das promessas feitas em Sua Palavra, da dependência a Cristo, da fé operada pelo testemunho do Espírito Santo quanto à Palavra e as evidências na vida do indivíduo.

Algumas vezes o juízo alicerçado sobre critérios inferiores a esses critérios bíblicos chega a ser feito. Se os critérios forem deficientes então os juízos serão falhos, e o estado emocional produzido por esse juízo será desagradável.

O sentimento negativo, antes de tudo, poderá originar-se de uma fonte inteiramente diferente (falta razão, se for interpretado como evidencia de que a pessoa não é aquilo que parece ser) deslanchará mais reações emocionais negativas, que parecem propiciar novas “evidencias” de que temos razão a respeito de algo ou alguém.

A maneira básica de interromper esse círculo vicioso consiste em buscar ajuda de Deus para compreender os critérios bíblicos para que se chegue à certeza, sendo ajudado a chegar ao juízo certo por meio dos critérios de Deus.

Com  a minha frequência não são os atos da pessoa que são postas em dúvida, no início, nem que as atitudes do indivíduo sejam genuínas, pelo contrário, a pessoa após ser confrontada pelas razões as quais levaram a tais emoções se apercebe que não consegue chegar à certeza  de que se tudo se originou na ausência de evidência do que realmente viu, ouviu ou leu. Para mim é melhor calar e me retirar.

A escrita traz algumas surpresas: Vai de pedido de baratas ameaça de morte Espiritual ou de chantage emocional.

Talvez você esteja neste momento irado (a) com alguém, mas será que aquilo que ouviu era de fato a teu respeito? O que viu era de fato relacionado a você? Porque se pensa que aquilo que foi escrito foi direcionado a você?

Podemos chegar a supor a esta altura que a ausência de certeza não é resultado  daquilo que pensa ter ouvido, visto ou lido, mas antes é originalmente no fato de que a pessoa está administrando de forma inapropriada suas próprias emoções.

É necessário levar bem a sério estas questões, investigando cuidadosamente todas as possibilidades. Talvez a pessoa se surpreenda com seu julgamento, quando houver razões sérias para dúvida.

Na maioria dos casos, após uma conversa a pessoa passa a dirigir-se diretamente à consideração da qualidade de vida. Usualmente, o exame do viver com as emoções em desequilíbrio por si mesmo, produz a resposta.

Uma coisa é certa – os genuínos sentimentos, ou seja, aqueles que derivam da convicção que o Espírito Santo nos fornece só terão sua gênese se alicerçados sobre um juízo solidamente baseado sobre as Escrituras que falam de tal certeza. Essa base não consiste em emoção má administrada, Ela se origina da certeza que vem da parte de Deus, e por isso mesmo, promovem mais ainda.

Será que escrevo hoje para alguém que está com suas emoções “bagunçadas” devido a um comentário, uma frase solta, a opinião de um amigo (a) a respeito de alguém?

Será que escrevo hoje para alguém que está com suas emoções em desequilíbrio devido ao alto conceito que tem de si mesmo?

Será que escrevo para alguém que não sabe administrar as críticas? Alguém que não suporta ser contrariado (a)?

Será que  o que escrevo vai dar para alguém chegar a compreender que sempre  o que se pensa que as pessoas estão contra você, que sempre tramam contra você? Suspeita de todos a sua volta?

Filhinho (a) na maioria das vezes as coisas não são como se apresentam. Tome muito cuidado com suas emoções! Elas afetam toda sua vida! Não tire conclusões precipitadas a respeito de algo ou de alguém. Tire suas dúvidas com o Espírito Santo. Não contamine e nem se deixe contaminar por juízos errado.

O Senhor é a tua proteção e a tua fortaleza. Confie Nele! Que Ele te salve das armadilhas dos juízos. Ele te proteja debaixo das suas asas, lá você estará seguro (a). Deus é fiel e a sua fidelidade te protegerá como um escudo. Não há por que se agitar com aquilo que você pensa ter ouvido, visto ou lido.

 Olhe tranquilamente e verás que Deus julga tuas causas. O grande Deus é a tua morada segura. O mal não te apanhará de surpresa e o teu lar não será atingido por desgraças. O Senhor dará instruções especiais aos seus anjos para te proteger em qualquer lugar onde fores, então porque se importar com o que dizem, pensam, falam ou  ou será que eu sou melhor que Jesus Cristo?

 O Senhor Jesus Cristo Numca cometeu nem um pecado, Mais mataram no de forma tão Cruel…Os anjos do Senhor te apoiarão com suas mãos, para que você não tropece nas pedras do caminho. Enfrentarás sem medo as adversidades da vida e nada te acontecerá.

Você se entregou ao Senhor de todo coração? Ele te salvará! Você Ja conhece pessoalmente o Senhor da tua Salvação? Então  Basta CRER nEle te colocará em lugar seguro. Peça ajuda ao Senhor e Ele te responderá.

Quando estiveres em dificuldade, passando pelo o vale das bacas,Ele estará ao seu lado, resolverá teus problemas.

Que o Senhor te conceda uma vida longa e feliz e a Sua salvação. Que o Senhor te conceda sabedoria para administrar tuas emoções.

ESTAS SÃO AS MINHAS IDEIAS. Tenhas sua vida tão linda como sua alma e Deus te abençoe Abundantemente. Cordialemnte Pra Graicy Oosterbaan 13-01-11.

This entry was posted on quinta-feira, janeiro 13th, 2011 at 19:28 and is filed under Mensagens. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Post a Comment